FAPERP | faperp
Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto
353
archive,tag,tag-faperp,tag-353,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,select-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Soluções para escolas privadas e públicas são criadas por meio do Projeto Faperp Educação

A Faperp conta com mais de 20 anos de experiência em projetos educacionais para escolas públicas e privadas por meio do Projeto Faperp Educação. A iniciativa visa promover maior diálogo entre os públicos das escolas (líderes, docentes, alunos e pais de alunos) no que tange os desafios da educação contemporânea.

Para isso, contamos com especialistas de diversas áreas da educação qualificados para criar soluções para os entraves observados no ambiente escolas. Por meio da nossa metodologia, realizamos um diagnóstico completo da organização e desenvolvemos um plano de ação com uma série de intervenções técnicas para os problemas levantados, como palestras, oficinas, formações, entre outras. Além disso, sua escola contará com nosso acompanhamento ao longo de toda a consultoria, aferindo se os resultados estão de acordo com os objetivos.

Inscreva-se e saiba mais sobre o Faperp Educação!

Autismo: o que é, diagnóstico e tratamentos

No dia 2 de abril é celebrado o Dia da Consciência Mundial do Autismo, transtorno que pode afetar crianças e ser diagnosticado a partir dos 3 anos de idade.

 

O que é o autismo?

O autismo é um transtorno que tem origem no neurodesenvolvimento, aparecendo ao longo do desenvolvimento humano da criança.

Os indivíduos com autismo têm alterações no cérebro na região cortical que corresponde à fala e a sociabilização. Em geral, a criança nasce sem sintomas físicos que chame a atenção para o transtorno. Ao longo do seu desenvolvimento, aparecem as dificuldades de sociabilização, interesses restritos comparados aos de outras crianças da mesma idade, ausência da fala e apresentação de movimentos repetitivos com as mãos – o balanço do corpo, o olhar transpassa objetos e pessoas e a criança não busca foco visual ou atencional.

 

Diagnóstico e tratamentos do autismo

O autismo pode ser diagnosticado em torno de 3 a 4 anos de idade. Deve ser avaliado e validado por um pediatra, neuropediatra e ou psiquiatra, junto a uma equipe multidisciplinar e em conjunto com a família.

É necessário após o diagnostico confirmado do TEA (Transtorno do Espectro Autista), que a criança seja encaminhada para receber as estimulações necessárias ao seu desenvolvimento por meio de terapias como:

– musicoterapia

– equoterapia

– psicopedagogia, com métodos especializados como TEACCH, ABA, entre outros

– educação física com circuitos funcionais e natação

– terapia ocupacional no treino das AVD (atividades de vida diária)

– integração sensorial, como pediasuit

– inserção escolar, favorecendo a interação social, a convivência com grupos, possibilitando o desenvolvimento por convivência de comportamentos sociais mais padronizados, com ajustes respeitando suas especificidades.

Também é muito importante oferecer apoio à família e aos cuidadores e educadores que estiverem ligados ao convívio para que se engajem a agir com os objetivos em comum pelo desenvolvimento e pela evolução da criança.

 

Texto redigido por Luciana Zanin, orientadora educacional do projeto Faperp Educação. Saiba mais aqui!

 

Bibliografia:

Blog Lagarta Vira Pupa, disponível em: www.lagartavirapupa.com.br

Vídeo “Autismo: causas, sintomas, diagnóstico, tratamento”, disponível no Canal da Usp no Youtube (2017).

Projeto Faperp Saúde leva ginástica laboral às empresas

Por lei, é obrigatório iniciativas de saúde e bem-estar nas empresas, especialmente as indústrias, que realizam a Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). Independentemente do porte, segmento ou quantidade de funcionários, a prática é necessária para promover um ambiente mais seguro para todos. Para tornar as atividades mais atrativas e especializadas, empresários têm optado por palestras terceirizadas, como as realizadas pelo projeto Faperp Saúde.

Preocupada em garantir a qualidade de vida dos colaboradores, a Tel Telecomunicações, empresa de prestação de serviços no setor de telecomunicações, optou pelo projeto Faperp Saúde, que realizou a palestra “Saúde e bem-estar laboral”, com a fisioterapeuta Vanessa Moitinho de Carvalho.

Segundo a analista de recursos humanos da Tel, Juliane Floriano, os colaboradores ainda contaram com uma palestra motivacional e participaram de ginástica laboral em grupo. “Além de trazer diversos benefícios à saúde, a ginástica incentiva a integração da equipe”.

Ainda de acordo com Juliane, quando a empresa se preocupa em oferecer o melhor ao colaborador, também receberá mais dedicação e empenho dentro do ambiente de trabalho. “Percebemos que os colaboradores ficaram mais animados e empolgados para aplicar o que aprenderam durante a palestra no dia a dia”.

A colaboradora Fernanda Nunes, após as atividades, percebeu que precisa cuidar melhor da saúde e praticar exercícios físicos. “Sempre adiava por causa da correria do dia a dia, mas percebi que dá para mudar aos poucos e acrescentar exercícios a nossa rotina, até mesmo, no trabalho”.

 

Faperp Saúde

O projeto Faperp Saúde oferece palestras voltadas à saúde e ao bem-estar laboral. As apresentações buscam a melhoria da qualidade de vida do trabalhador mediante orientação de profissionais da área e incentivo a hábitos saudáveis. Independente do segmento e do porte da empresa, as palestras do Faperp Saúde promovem um ambiente mais seguro para toda a organização.

Inscreva-se para receber as palestras na sua empresa clicando aqui!

Faperp incentiva hábitos alimentares saudáveis em empresa de Rio Preto

Pensando na saúde e no bem-estar dos colaboradores, muitas indústrias investem na Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho (SIPAT). A prática, contudo, tem alcançado outras empresas, que buscam atividades direcionadas para a qualidade de vida no trabalho, atuando diretamente na prevenção de problemas de saúde.

Esse é o caso da APP Sistemas, empresa de solução de automação para o segmento hoteleiro, com mais de 50 colaboradores. A empresa aderiu ao projeto Faperp Saúde , que oferece palestras corporativas, com o objetivo de melhorar os hábitos dos colaboradores por meio da orientação de profissionais especializados.

Segundo o CEO da APP, Cláudio Azevedo, é compromisso da empresa garantir o bem-estar dos colaboradores no ambiente de trabalho. “Nossos colaboradores são o nosso maior bem, essenciais para o sucesso do negócio, e nos vemos na obrigação de ajudar a melhorar a saúde deles para criar um ambiente mais satisfatório para a equipe como um todo”.

A palestra ministrada na empresa contou com o tema “Será que é fome?”, trazendo a discussão a respeito das diferenças entre necessidade e vontade de comer. A atividade foi mediada por Nayara Cabral Barradas, nutricionista com foco em nutrição comportamental, que ainda deu dicas de como mudar os hábitos e reeducar a alimentação no dia a dia.

Para Edmara Rodrigues, RH da APP Sistemas, a empresa que investe no bem-estar dos colaboradores, automaticamente, estimula a produção e aumenta a rentabilidade. “Não nos preocupamos apenas com o desenvolvimento técnico, mas com o desenvolvimento pessoal, físico e mental. Colaborador feliz produz mais e, para estar feliz, é preciso estar bem”.

 

Faperp Saúde

O projeto Faperp Saúde oferece palestras voltadas à saúde e ao bem-estar laboral. As apresentações buscam a melhoria da qualidade de vida do trabalhador mediante orientação de profissionais da área e incentivo a hábitos saudáveis. Independente do segmento e do porte da empresa, as palestras do Faperp Saúde promovem um ambiente mais seguro para toda a organização.

Ficou interessado? Inscreva-se para receber as palestras na sua empresa:  https://conteudo.faperp.org.br/faperp-saude

 

Projeto Faperp Saúde leva palestras às empresas

Hoje em dia, muitas empresas notam que investir na saúde do trabalhador tem aumentado significativamente o desempenho da equipe. Ao investir na saúde laboral da equipe, dois impactos nas empresas se tornam evidentes: aumento da produtividade e redução das faltas e atrasos. Tais iniciativas resultam em maior engajamento e satisfação no trabalho, afinal, os colaboradores se sentem valorizados pela organização.

Para celebrar os 22 anos de atuação, a Faperp, junto à iniciativa privada, lançou um ciclo de palestras voltado à saúde e ao bem-estar laboral. As apresentações têm como objetivo a melhoria da saúde do trabalhador mediante orientação de profissionais da área e incentivo a hábitos saudáveis.

As palestras fazem parte do projeto Faperp Saúde, destinadas a empresas de diferentes segmentos e portes. Além de prevenir doenças, o projeto fornece maior segurança para os colaboradores em sua jornada de trabalho e ainda diminui o estresse e cansaço, causando um impacto positivo em todo o capital humano do negócio.

Ficou interessado? Inscreva-se para receber as palestras na sua empresa:  https://conteudo.faperp.org.br/faperp-saude

Começam as inscrições para o curso de mandarim na Unesp/Ibilce

Projeto abriu turmas para os níveis básicos 1 e 3

A Unesp/Ibilce de Rio Preto oferece aulas de mandarim para o primeiro semestre de 2018 nos níveis básicos 1 e 3, com carga horária de 50h cada. As inscrições para as vagas destinadas à comunidade acontecem do dia 19 a 23 de fevereiro na sede da Faperp, instituição que apoia a iniciativa. São 40 vagas para cada nível, sendo 20 para o público interno da universidade e 20 para a comunidade.

As aulas acontecem todas as terças e quintas, no período noturno, no campus da Unesp/Ibilce. O objetivo do curso que se inicia no dia 6 de março é proporcionar o aprendizado do mandarim, possibilitando que os alunos estudem as competências oral e escrita da língua para que possam compreender textos simples, técnicos e gerais e expressarem-se em situações cotidianas.

Para se matricular, é preciso comparecer à sede da Faperp para preencher o formulário de inscrição e apresentar os documentos necessários (cópias do documento de identidade e do comprovante de conclusão do ensino fundamental, médio ou superior), além de efetuar o pagamento das taxas do curso.

Serviço:

Período de inscrição: 19 a 23 de fevereiro, das 8h às 12h e das 14h às 17h (exceto feriados).
Local: Faperp – Rua Siqueira Campos, 3.718, Santa Cruz, Rio Preto
Valor: R$ 280, além da taxa regulamentar da UNESP de R$ 18,50 e do valor da impressão do material didático.
Duração do curso: 06 de março a 28 de junho
Mais informações: Edital – Básico 1 / Edital – Básico 3
Formas de contato: (17) 3211-1089 e pelo site da Faperp.

Evento no Calçadão celebra 21 anos da Faperp

Para celebrar 21 anos de uma história marcada pela criação de oportunidades a mais de 8 milhões de pessoas, a Faperp (Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto) promove uma manhã voltada para a saúde na praça Dom José Marcondes, no Centro de Rio Preto.

Durante o evento, haverá ações voltadas para a saúde preventiva, como medição da pressão arterial, testes de glicemia, orientações sobre alongamentos, saúde bucal, entre outras.

Todas ações serão conduzidas pela equipe multidisciplinar da Faperp, que envolve médicos, enfermeiros, biólogos, dentistas, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais, dentre outros profissionais. “Essa ação reforça o caráter de cuidado com a população que a Faperp mantém ao longo de seus 21 anos de história”, afirma Claudia Bonini, diretora científica da Faperp. O “Faperp Saúde” será realizado no sábado, 23, das 10h às 13h, na praça Dom José Marcondes, no Centro.

Instrutor da Faperp vence a 11ª edição do Duelo de Titãs

Abril foi um mês agitado para a cultura do Hip Hop em São José do Rio Preto. É que foi realizado o festival HipHopCidade, organizado pela Secretaria de Cultura de Rio Preto. O evento tem como intuito fortalecer a interação entre artistas e a população em geral. Dentro do festival, realizou-se, nos dias 22 e 23 de abril, a 11ª edição do Duelo de Titãs, um campeonato de breaking entre bboys e bgilrs que se enfrentaram individualmente.

O evento contou com o apoio da Faperp e teve um de seus instrutores, Bruno Gustavo Macedo, como campeão de sua categoria. Conhecido no meio artístico como Bboy Buxexa, Bruno se tornou um profissional de arte cultural como instrutor de Breaking em 2012, participando de projetos na Casa do Hip Hop, no Projeto Promovendo Educação, em parceria com a Faperp, e no Projeto Maquininha do Futuro.

Ana Paula Ribeiro, organizadora do Duelo de Titãs, explicou sobre a importância do apoio da Faperp: “A Faperp sempre nos apoiou desde a primeira edição do Duelo. O que temos com a Faperp é realmente um companheirismo que ajuda a dar a cara do Duelo de Titãs.”

O Bboy Buxexa falou sobre como foi sua expectativa para o evento e a realização por vencer a disputa: “Fiquei muito feliz, foi um sonho realizado, pois foram 10 anos batalhando para ser o Titã. Creio que tudo acontece por um propósito, penso que toda dedicação tem o seu retorno e me dedico muito, todos os dias.”

Ele ainda comentou que acha interessante o apoio da Faperp, não apenas para o Duelo de Titãs, mas também para a cultura Hip Hop.