FAPERP | Grupo Cantoria prepara seu segundo CD
Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto
21427
post-template-default,single,single-post,postid-21427,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,vertical_menu_enabled,select-theme-ver-1.0,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Grupo Cantoria prepara seu segundo CD

Grupo Cantoria prepara seu segundo CD

Projeto reúne alunos da rede pública municipal em prol da música de qualidade

O Grupo Cantoria planeja o lançamento de seu segundo CD homônimo. As gravações são realizadas no CIECC (Complexo Integrado de Educação, Ciência e Cultura), em Rio Preto, com o acompanhamento do estúdio Cia do Som. A primeira captação foi realizada em maio e a segunda aconteceu nesta quarta-feira (26/08). A previsão é que o lançamento ocorra ainda neste semestre.

Foram selecionadas 13 faixas eruditas e populares. O repertório abrange músicas de Chico Buarque, Ivan Lins, Luiz Gonzaga e Heitor Villa-Lobos, além de canções do folclore francês e brasileiro e um cânone latino.

De acordo com a regente Eunice Dumbra, que também é coordenadora dos Projetos Culturais da Faperp, o entrosamento entre todos e os ensaios realizados periodicamente garantem a qualidade do projeto. “Músicas como Au Clair de la Lune e Dona Nobis Pacem, que já foram executadas vocalmente por corais infanto-juvenis de vários países com tradição de música coral, não eram conhecidas pelos nossos cantores. Como a proposta é enriquecer o repertório musical deles, decidimos incluí-las nesse álbum”, explica.

O álbum anterior foi lançado em 2014, no Teatro Municipal Paulo Moura, resultando em mil cópias distribuídas gratuitamente aos alunos participantes do grupo, às autoridades presentes no evento e às escolas da rede pública municipal.

História

O Grupo Cantoria é uma vertente do projeto Cantoria por Todo Canto, criado há quatro anos e realizado pela Faperp, em parceria com a Secretaria de Educação de Rio Preto, em quatro núcleos de atividades pedagógicas da cidade. Os responsáveis são a regente e coordenadora de Projetos Culturais da Faperp, Eunice Dumbra, e o maestro, idealizador e coordenador artístico do projeto, Paulo de Tarso.

Dos 270 alunos atendidos pelo Cantoria por Todo Canto, 110 compõem o grupo de referência. Esses alunos são selecionados pelo comprometimento para acompanhar os ensaios e pelo interesse em aprender técnicas de emissão vocal. Eles participam de ensaios semanais e costumam se apresentar em eventos oficiais da Fundação e do governo municipal.

O principal objetivo do projeto é oferecer uma base sólida cultural, pautada por conhecimentos musicais. Mas as aulas também funcionam como instrumento pedagógico, pois a expressão artística tem eficácia comprovada no desenvolvimento cognitivo. Aprender música estimula a memória, a inteligência e a criatividade, além de colaborar com aspectos relacionados à disciplina, socialização e responsabilidade.

Nenhum Comentário

Comentar este Artigo